18 out 2015

29º Domingo do Tempo Comum - 18/10/2015

Conheça a história de São Lucas

Primeira Leitura (Is 53,10-11)

 

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

10O Senhor quis macerá-lo com sofrimentos. Oferecendo sua vida em expiação, ele terá descendência duradoura e fará cumprir com êxito a vontade do Senhor.

11Por esta vida de sofrimento, alcançará luz e uma ciência perfeita. Meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si suas culpas.


- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Confira também: Melodia do Salmo 32

Responsório (Sl 32)

 

Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ pois, em vós, nós esperamos!

Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ pois, em vós, nós esperamos!

 

Pois reta é a palavra do Senhor,/ e tudo o que ele faz merece fé./ Deus ama o direito e a justiça,/ transborda em toda a terra a sua graça.

Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ pois, em vós, nós esperamos!

Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem,/ e que confiam esperando em seu amor,/ para da morte libertar as suas vidas/ e alimentá-los quando é tempo de penúria.

No Senhor nós esperamos confiantes,/ porque ele é nosso auxílio e proteção!/ Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,/ da mesma forma que em vós nós esperamos!

Segunda Leitura (Hb 4,14-16)

 

Leitura da Carta aos Hebreus:

Irmãos: 14Temos um sumo-sacerdote eminente, que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus. Por isso, permaneçamos firmes na fé que professamos.

15Com efeito, temos um sumo-sacerdote capaz de se compadecer de nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado.

16Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono da graça, para conseguirmos misericórdia e alcançarmos a graça de um auxílio no momento oportuno.


- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Anúncio do Evangelho (Mc 10,35-45)

 

O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós!

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”.

36Ele perguntou: “O que quereis que eu vos faça?”

37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!”

38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”.

E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber, e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.

41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. 42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim; quem quiser ser grande, seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.